terça-feira, 8 de maio de 2012

O PROPÓSITO DE DEUS PARA O CASAMENTO

O casamento é uma instituição divina, na qual duas pessoas de sexos opostos fazem uma aliança diante de Deus, da Igreja e de suas famílias, de serem um do outro enquanto viverem. Prometem amar, respeitar e serem fiéis um ao outro, nas mais diversas circunstâncias, sejam elas, favoráveis ou desfavoráveis.

Deus ao estabelecer o casamento, tinha alguns propósitos. Com o passar dos anos e o afastamento dos seres humanos de Deus, estes propósitos foram sendo esquecidos e, consequentemente  os casamentos não perduram. São estes os propósitos de Deus através do casamento:

1) Felicidade do casal. Deus deseja que sejamos felizes e um casamento bem sucedido, faz-nos alcançar a felicidade.

2) Companheirismo. Deus olhou para o primeiro homem, Adão, e disse: “E disse o SENHOR Deus: Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma ajudadora idônea para ele”. (Gênesis 2:18).

3) Vitaliciedade. O casamento planejado por Deus deve durar até a morte de um dos cônjuges. O divórcio não é invenção de Deus. O homem, por sua dureza de coração e egoísmo, criou o divórcio. Deus deseja que o casamento perdure até à separação mediante a morte. “Assim, não são mais dois, mas, uma só carne. Portanto, o que Deus ajuntou não o separe o homem”.  (Mateus 19:6)

4) Testemunhar de Cristo e da sua Igreja. O casamento ilustra o amor de Cristo para com a sua Igreja e vice-versa. “Por isso deixará o homem seu pai e sua mãe, e se unirá a sua mulher; e serão dois numa carne. Grande é este mistério; digo-o, porém, a respeito de Cristo e da igreja.” (Efésios 5:31-32).

5) Dar origem a novos lares. A ordem de Deus foi : “... Frutificai e multiplicai-vos, e enchei a terra.” (Gênesis 1:28a). Para que haja novas famílias é necessário que haja casamentos.

6) Evitar a promiscuidade.  Se não houvesse casamento, a bagunça seria generalizada; seríamos como animais irracionais e não seria possível haver os laços familiares. “Mas, por causa da prostituição, cada um tenha a sua própria mulher, e cada uma tenha o seu próprio marido.” (1 Coríntios 7:2).


Nenhum comentário:

Postar um comentário