quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

EU PREFIRO SER UM DIZIMISTA...

Eu prefiro ser um dizimista...

Alguns colegas postaram no FACEBOOK, a foto de um documento de um veículo, cujo valor é de 140 mil reais. O veículo, segundo eles, pertence à Igreja Universal do Reino de Deus.
Abaixo da foto está uma frase irônica: “ESTA É A OBRA QUE O SEU DÍZIMO PAGA”. Eu tenho muitas divergências em relação à IURD. Acho que ela não deve ser considerada uma Igreja Evangélica, devido às doutrinas e práticas que expõe, como uso de sal grosso, galho de arruda, defesa do aborto, ênfase apenas no bem-estar material e financeiro, barganha com DEUS e pregação de milagres mediante contribuições à Igreja. São práticas que contrariam o ensino bíblico e o cristianismo histórico. Entretanto, com relação à prática do Dízimo, é uma recomendação bíblica. O Dízimo é uma expressão de gratidão a DEUS pela provisão e um compromisso com a divulgação do Evangelho.
Se, no entanto, a Igreja que recebe os dízimos, utiliza-o para outros fins, alheios à pregação do evangelho, servindo para enriquecimento dos seus líderes, é a DEUS que estão roubando. Certamente haverão de prestar contas com Ele, pois, Deus não se deixa escarnecer.
Sou um dizimista há alguns anos e nunca me fez falta o dinheiro que contribuo na Igreja que faço parte. Ao contrário: Percebo a bênção de Deus a cada dia em minha vida.
Conheci muitas pessoas que sempre foram contrárias ao dízimo, afirmando que não iriam dar dinheiro para a Igreja. No entanto, davam quantias muito mais vultosas, para adquirir produtos cujas propagandas afirmavam ser "uma boa idéia", "a número 1", "a que desce redondo", "o que desce macio e reanima", etc. O uso destes e outros produtos similares, lhes trouxeram danos irreparáveis ao fígado, ao coração, aos pulmões, etc. Alguns deles, devido ao uso desses produtos, perderam a família, amigos, empregos, etc. Alguns vegetam nas sarjetas das grandes cidades, pois, perderam a família e a autoestima, preferindo se autodestruirem. Outros dão quantias diárias à SOUZA CRUZ, ou à PHILIP MORRIS (o nome é bem sugestivo), deixando às vezes de comprar pão para os seus filhos para comprar produtos que serão queimados e como consequências, adquiriram cancer de pulmão, do estômago, da laringe, problemas do coração, infartos e derrames, impotência sexual, mau hálito e morte prematura.
Há ainda os que não dão dízimos, pois, segundo eles não são idiotas, porém, ajudaram o Fernandinho Beira-mar, Pablo Escobar, Juan Carlos Abadia, Marcola, NEM e muitos outros do mesmo ramo, a comprarem mansões e carros muito mais luxuosos.
Além disso, as figuras citadas acima mataram impiedosamente muitos jovens, policiais, juízes e muitos moradores de comunidades carentes.


DIANTE DO EXPOSTO, AINDA PREFIRO SER UM DIZIMISTA. ACHO MUITO MAIS PROVEITOSO

Nenhum comentário:

Postar um comentário